Mundo Sindical Correios

Mundo Sindical Correios

FENTECT 021 - GREVE PERMANECE FIRME PAIS AFORA!

Informe 021 da Fentect do dia 12/02/14, informa sobre os planos da empresa, o Ataque da ECT e do Governo Dilma, Unidade na Luta para Garantir nossos direitos a Fentect, Juridico, Fentect continuará tentando a negociação, Dilma vai a Mato Grosso e Trabalhadores em greve reivindicam o Correios Saúde, e Intensificar a luta para barrar o Postal Saúde.

Segunda a Fentect, a greve dos trabalhadores e trabalhadoras da ECT segue firme e avançando pelo país. A luta justa e necessária em defesa de nosso plano de saúde está mobilizando cada vez mais a categoria. Está claro, baseado nos próprios documentos da empresa, que o objetivo da ECT é dividir com os trabalhadores os custos com a saúde. A divisão seria 50% para a empresa e 50% para os trabalhadores. Por isto nossa luta e justa e a greve se fortalece a cada dia!



ATAQUES DA ECT E DO GOVERNO DILMA 


Nos últimos dias a alta cúpula da ECT, especialmente o Sr. Idel Profeta, Secretário Executivo da VIGEP, esteve visitando bases sindicais que estão em greve na tentativa de acabar com a mobilização dos trabalhadores a partir de acordos regionais. Isso aconteceu na Bahia, onde este senhor apresentou uma proposta que pretendia garantir o CorreiosSaúde somente para os atuais funcionários. Para os "novatos" o Postal Saúde já iria impor planos de saúde diferentes, o que não deixa dúvidas que haverá mudanças e perdas de direitos com o Postal Saúde. Além disso, já vimos essa história no Postalis, onde usaram a mesma tática para dividir a categoria dizendo que nada mudaria para os "veteranos", mas logo depois todos nós fomos obrigados a mudar para o PostalPrev que retirou direitos e hoje está com rombo milionário que está sendo pago pelos trabalhadores.

Isso é absurdo, pois este senhor, que sequer é funcionário dos Correios, que desdenha de nossa história de luta, está usando a mesma tática utilizada nas tais Mesas Nacionais de Negociação Permanente (MNNP) para tentar dividir a categoria e acabar com a greve. A FENTECT reafirma que não recebeu nenhuma proposta oficial da ECT, pois se tivéssemos recebido, a proposta seria enviada com encaminhamentos e análises ás assembleias de todo o pais que são quem definem os rumos da luta da categoria. Apresentar propostas para sindicatos regionais, sem passar pele FENTECT é um ataque à federação e às organizações sindicais filiadas a FENTECT. Além disso, a ECT ainda está descumprimento a clausula 46 do dissídio vigente. O Secretário Geral da FENTECT, Edmar Leite e o diretor da Fentect, Rogério Ubine, estiveram presentes na Bahia, procurando manter contato com o sindicato local, bem como com toda a categoria para explicar aos trabalhadores o que estava ocorrendo e que estas negociações são estratégias da patronal para quebrar a luta dos trabalhadores.

Após amplo debate e lida a proposta irregular da ECT, os trabalhadores a recusaram por unanimidade, comprovando que os a categoria é contrária à tentativa de divisão feita pela ECT através de acordos regionais e MNNP. Os baianos ainda deram um grande exemplo a ser seguidos por todos nós, que foi a recusa em garantir só o nosso plano de saúde, deixando os próximos que entrarem sem direito ao mesmo beneficio. Nossos parabéns aos trabalhadores e às trabalhadoras baianos que se enxergam como classe trabalhadora e que aos gritos de GREVE, GREVE, GREVE! representaram o sentimento dos trabalhadores de todo o pais que é de ampliai a mobilização para manter e melhorar o CorreiosSaúde igual para todos.

UNIDADE NA LUTA PARA GARANTIR NOSSOS DIREITOS A FENTECT 


Convoca todos os sindicatos que ainda não realizaram assembleias para a deflagração da greve a fazerem imediatamente. É preciso que todos os sindicatos do pais estejam unidos, mobilizando a categoria para barrar o Postal Saúde. Afinal, não há desculpas para não lutar quando o plano de saúde está sendo atacado. A FENTECT está dando todo o suporte para a continuidade da luta. Faremos todos os esforços para que os sindicatos mobilizem a categoria para ampliar o movimento.

JURÍDICO


O Comando Amplo de Mobilização e Negociação da FENTECT está acompanhando as ações jurídicas junto ao TST. A assessoria jurídica da FENTECT está terminando de preparar a contestação da Ação Cautelar movida pela ECT. Por isso é necessário que os sindicatos que ainda não enviaram documentação referente á deflagração da greve que o façam com urgência. O Comando Amplo continuará informando às bases sobre as movimentações desse processo. Quanto ao Tícket Alimentação Refeição, estamos recebendo denúncias de que, para alguns trabalhadores ainda não consta a previsão do credito e para outros há uma previsão de apoias RS 158,00 (cento e cinquenta e oito reais) por parte da ECT. Apesar de ser o dia 15 a data limite para depósito dos créditos a FENTECT já acionou o departamento jurídico que já preparou ações com vistas a barrar quaisquer ataques que possam vir da direção da empresa. Entendemos que qualquer decisão sobre dias parados e as remunerações deverão ser definidas no final da greve. Não aceitaremos intimidação e ataque ao direito de greve!

FENTECT CONTINUARÁ TENTANDO A NEGOCIAÇÃO 


O Comando Amplo da FENTECT novamente está enviando documento à direção da ECT solicitando a reabertura das negociações, às quais sempre estivemos dispostos. Ressaltaremos que se a ECT tem que apresentar suas propostas à FENTECT - que é a única e legitima representante dos trabalhadores a nível nacional - para que elas sejam remetidas às assembleias de todo o país. Além disso, estamos enviando carta à Presidência da República, à Casa Civil, ao Ministro das Comunicações, à Câmara dos Deputados solicitando audiências, deixando claro que queremos abrir um canal de negociação com o governo e que não aceitaremos os ataques ao plano de saúde.

DILMA VAI A MATO GROSSO E TRABALHADORES EM GREVE REIVINDICAM O CORREIOSSAÚDE


Ontem (11/02), os trabalhadores de MT fizeram uma manifestação na cidade de Lucas do Rio Verde/MT, onde estava presente a presidenta Dilma Roussef. A manifestação teve o objetivo de chamar a atenção da presidenta e mostrar que por todo o pais os trabalhadores são contrários ao golpe do Postal Saúde. Ao tentar chegar entregar uma carta à presidenta os manifestantes foram barrados pela segurança, porém durante o ato foram ditas palavras de ordem como "Não, Não ao Postal Saúde". Esta manifestação cumpre o objetivo de dar visibilidade à nossa greve ao governo, fato este que devemos intensificar nos próximos dias. Esta ação foi noticiada por vários veículos de imprensa.

INTENSIFICAR A LUTA PARA BARRAR O POSTAL SAÚDE 


Orientamos os sindicatos a manter firme a greve e avançar na mobilização. Mais sindicatos farão assembleia esta semana e temos a expectativa de crescer nossa greve. Precisamos manter a greve forte e construir ações que tragam visibilidade à greve, como a realização de atos públicos, passeatas e também intensificar as ações que tragam mais companheiros para a luta. Temos 17 Bases sindicais na greve que representam mais de 60 mil trabalhadores nas bases de todas as regiões do país. Vamos seguir unidos e fortes, rumo a nossa vitória que é barrar o POSTAL SAÚDE, garantindo de fato a cláusula 11 do dissídio coletivo.

CRUZAR OS BRAÇOS É RESPEITAR NOSSAS FAMÍLIAS! CONTINUEMOS FIRMES E AMPLIANDO A GREVE! 


Assinam:


Edmar Leite - Secretário Geral da Fentect
Marcílio A. Medeiros - Comando Amplo - Sintect/VP
Rogério Ubine - Comando Amplo - Fentect
Arivonil Calado - Comando Amplo - Sintect/PR





Acordo que Idel Profeta ofereceu para o sindicato da Bahia:






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.