Mundo Sindical Correios

Mundo Sindical Correios

Juntos Somos + Fortes



Caro Trabalhadores dos Correios, 

Cada centavo, cada vírgula, cada gratificação, cada direito que você vê escrito no seu contracheque não foi lhe dado de graça.


Muitos trabalhadores passaram aperto, pagou horas, teve desconto nos salário, foi esculhambado, apanhou na rua, brigou com a família, teve o nome negativado, atrasou suas dívida.  Tudo pra você poder receber o que recebe hoje.

Não pense, caro colaboradores, que o salário que recebes hoje é fruto unicamente de sua dedicação dentro do seu local de trabalho, de algum reconhecimento vindo de gestores  bonzinho ou sensível à sua causa.  Pois como podes ver, até o que é seu por direito, preto no branco, querem lhe tomar.

Temos que lutar.
E lutar não da boca pra fora. 
Temos que agir. 

Botar o seu na reta. Você vai arrisca pagar para ver eles privatizar os Correios, reduzir seu salário, perde suas gratificações, descontar folha do seu TICKET, retirar ticket peru que conquistamos na Praça da SÉ, não cumprir cláusulas do acordo coletivo 70%  férias.  Nada é de graça!

Só pra aqueles que são chupa sangue, que tem medo de fazer greve, mas, na hora de receber o aumento…

Deixar passar o acordo coletivo, que vem aumento de trabalho, novos contratos, e você reclamando pelos canto que está levando bastante encomenda, que vc está com dobra que implantaram o DDA, e estão te sobrecarregando, e você vai reclamar para a chefia a primeira coisa que vc vai ouvir é que reclamações era no acordo coletivo, tempo reivindicação ja passou.

Agora é  hora de trabalhar.
POR ISSO O NOME Já DIZ MOVIMENTO PAREDISTA, SE NÃO  NEGOCIAR DE FATO IREMOS PARAR.

Não seja um deles!!!
Lute!
Lute pelo o que é seu por direito.
Lute pelos direitos daqueles que, por ignorância, não sabem lutar.
Lute contra os bandidos, ladrões, assassinos, estupradores, que vestem terno e gravata e são respeitados como doutores.
Eles te roubam, te estupram, te matam, apenas com ameaças.

Não reaja, senão vai ser pior.
Não grite, senão atiro.
Não peça socorro, senão te mato. 
Não reclame, senão corto seu salário.
Trabalhe doente se nao te transfiro, para bem longe da sua residência.
Chega. Não dá mais. 

Isso acaba agora.
Se alguma vez pensou que as grandes decisões nunca estiveram ao seu alcance, eis que a oportunidade bate à sua porta.
Chegou a hora de se fazer presente.
Mostrar quem você realmente é.
Mas se te falta coragem.
Se te falta vergonha na cara. 
Não se preocupe.
Lutarei por você. 
Como no passado, outros lutaram por mim.

Autor: Desconhecido

Titulo Original é "Carta aos Pelegos", mas preferi mudar, porque o momentos é de se unir. Mas o texto é muito bom para reflexão aos trabalhadores que não participa do movimento grevista.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.