Mundo Sindical Correios

Mundo Sindical Correios

PLR vai para o TST

Nessa quarta-feira (24/06), a ECT teve um encontro com o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e definiu que a negociação entre a empresa e os representantes dos trabalhadores será realizada com mediação do TST. As reuniões devem começar já na próxima semana. No seu blog, a empresa diz que segundo a lei da PLR, o pagamento só é feito após negociação com os trabalhadores. Na quinta-feira, a ECT soltou um primeira hora extra, com as mesma informações.


A empresa sempre se fazendo de boazinha, diz que fez 7 reuniões com a findect e 8 com a Fentect, usando até mesmo a mediação do Ministério Público do Trabalho, onde ocorreram mais 3 reuniões sem chegar ao acordo. Mas só lembrando que quem pediu a mediação do MPT foi os representantes dos trabalhadores e que a empresa foi de contra as sugestões do representante do MPT.

Ocorreu na Mesa Nacional de Negociação Permanente com mais 4 reuniões, e de acordo com a empresa, foi excluído a parcela estratégica (aquela dos 10% dos chefes) e a utilização do GCR. Segundo a empresa, de 20 sindicatos, 14 aprovaram, 3 reprovaram e sindicatos não fizeram assembleia. A Fentect infelizmente não divulgou nada a respeito, o que sabemos é que os sindicatos filiados da Findect deram as seguintes respostas:

  • São Paulo - Votou pela rejeição da proposta apresentada pela ECT “Critérios e Valores” e pela continuação das negociações da PLR 2013 e 2014.
  • Rio Grande do Norte - Aprovou a proposta dos critérios, pela rejeição dos valores e pela continuidade das negociações da PLR 2013 e 2014.
  • Tocantins - Aprovou a PLR com ressalva na de 2014. Que a ECT divulgue mensalmente e coloque nos murais de todos os setores de trabalho o resultado de todas as metas, para acompanhamento dos trabalhadores e pela continuidade das negociações da PLR 2013 e 2014.
  • Rondônia - Deliberou a rejeição dos valores a serem pagos da PLR 2013 e foram aprovados os critérios das PLR 2013 e 2014 com a ressalva de se cumprir o indicativo de Unidade Organizacional principalmente na questão de condições de trabalho adequados para cumprimento das metas e pela continuidade das negociações da PLR 2013 e 2014.
  • Rio de Janeiro - Rejeição dos itens 1-objetivo, 2-reserva técnica e 3-forma de distribuição e dos valores; - Auditoria nas contas; plano de lutas; - Aprovou a proposta do item 4 em diante; - Pela continuidade das negociações da PLR 2013 e 2014.
  • Bauru - Aprovou a proposta dos critérios das PLR’s 2013 e 2014, com ressalvas do item da avaliação indicadores das Unidades, sugerindo que seja criado um fator de correção para as unidades que não atingirem as metas por falta de condições de trabalho e pela continuidade das negociações da PLR 2013 e 2014.

Após a recusa dos maiores sindicatos do Brasil, a empresa fez mais uma proposta, desta vez, com distribuição linear, todavia, condicionando, também, a assinatura do Programa de PLR 2014, valendo estes critérios por mais cinco anos, podendo ser alterados os indicadores em comum acordo entre as partes. Esperta a empresa hein ?

O pior de tudo isso, é que a empresa não passou os valores para trabalhadores, nem pelo primeira hora, ou por qualquer outro tipo de instrumento de comunicação da empresa com os trabalhadores, somente passou os valores para os representantes sindicais.

Trabalhadores, fiquem sempre informados das noticias sindicais que ocorrem, e não sejam manipulados, nem pela empresa e nem por sindicatos que querem somente ver o lado do partido deles. Infelizmente só temos duas pessoas administrando o blog Mundo Sindical Correios e a pagina no Facebook. Então participem, quem quiser nos ajudar, entrem em contato conosco.

Apesar de toda as dificuldades, estamos chegando a 1000 curtidas na pagina, mesmo a pagina não sendo de entretenimento e sim de politica sindical. 

Primeira Hora 25/06/14

Primeira Hora 25/06/14


Primeira Hora 25/06/14



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.