Mundo Sindical Correios

Mundo Sindical Correios

Em encontro, Ministro Kassab garante: Não vai Privatizar os Correios.



No dia 11 de Agosto, os representantes dos Trabalhadores (Findect/Fentect), estiveram reunidos com o  Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab e com o presidente dos Correios, Guilherme Campos.


Gilberto Kassab falou no seu perfil oficial no facebook, que os Correios não será privatizado:

"Descartei a possibilidade de privatização que preocupa a categoria e esclareço que estamos trabalhando para recuperar a empresa e fortalecê-la."  

No blog dos correios, Guilherme Campos fala sobre a responsabilidades de todos no ACT:

"É muito simbólica, para demonstrar a sintonia entre ministério, Correios e o Governo Federal como um todo. Ele ponderou que o momento da empresa é desafiador, e que, para fechar o ACT, todos devem assumir sua responsabilidade."

Ainda no blog dos correios, Kassab já avisa que o salário não é foco principal:

"Afirmo que a questão salarial é importante para um acordo coletivo de trabalho, mas que o grande foco no momento é a recuperação da empresa, e todos estão empenhados em seu fortalecimento. O objetivo é fazer com que os Correios voltem a ser empresa de referência em prestação de serviços."

Para o secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva, a reunião tranquilizou os funcionários.

"A preocupação maior de todos nós é com a possibilidade de privatização da empresa. Todos querem manter seus empregos".

O presidente da Findect, José Aparecido Gimenes Gandara, apresentou ao ministro uma pauta de assuntos para serem discutidos durante as negociações. Entre os temas estão o plano de saúde dos empregados, o Postal Saúde, mudanças no número de funções, abertura de concursos e tabela salarial.

De acordo com Gandara, os temas sugeridos são alternativas que podem fazer parte de um acordo coletivo que vai beneficiar tanto a empresa quanto os trabalhadores.

"A nossa proposta é buscar uma solução para esse momento da empresa."

Vale lembrar que não tem nada assinado, é só uma reunião informal, não podemos acreditar em politico. O presidente Lula assinou os 30% e os Correios não queria pagar, é um exemplo de que não devemos acreditar neles. Temos que continuar a mobilização.

O encontrou marcou o início das negociações para reajuste salarial da categoria, cuja data-base ocorre em agosto.






Fonte: Facebook do Ministro Kassab
Fonte: Blog dos Correios
Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.